Como Compôr Um Hino

Não existe uma fórmula para escrever letras de músicas. Há casos em que os elementos instrumentais e o texto são criados simultaneamente, mas eles também podem ser inventados separados, desde que um complemente o outro.

As músicas que compreendem escrita em seu corpo envolvem processos criativos em melodia, em texto e na coordenação de ambos. Além disso, devem equilibrar em unidade e variedade. “Unidade é sua coerência, seu aspecto previsível. Variedade é sua diferenciação, seu aspecto imprevisível. Se for muito previsível fica desinteressante e se for muito imprevisível fica difícil de ser entendido.

Antes de elaborar a letra, o compositor deve ser movido por uma ideia. Quando ainda é embrionária, esse impulso deve ser cultivado e seu tempo de desenvolvimento, se necessário, deve ser respeitado. Em cada letra há um processo e um tempo de germinação, mesmo que o tempo seja quase imediato, como no caso de um repentista, explica.

O mais importante de tudo é como o compositor se prepara para deixar nascer naturalmente a letra.


Para criar uma música, você deve se lembrar de alguns passos ensinados pelos maiores especialistas:

Estrutura
A básica de uma música popular é feita por estrofes, refrão e final.

Mas é claro que você pode modificá-la.


Criatividade
Ela é como um músculo - quanto mais solicitada e empregada, mais se desenvolve. Também tem impacto direto na criatividade a bagagem de conhecimento e de experiências de uma pessoa, sua capacidade perceptiva e sua habilidade analítica.


Estilo
A pessoa descobre o seu ao prestar atenção em seu desempenho criativo e performático e identificar neles seus pontos positivos, de excelência.


Hora
Composição não tem ocasião certa. Ela surge na mente do compositor quando menos se espera. Não dá certo impor ou marcar uma hora para compor se não há uma preparação para isso.


Refrão
Em uma música que usa desse recurso, é o elemento que contribui fortemente para o aspecto de “permanência”. Já entre um refrão e outro a busca é mais por variação.

Geralmente, as características de um refrão marcam fortemente a música à qual ele se integra. Assim, essas características devem ser trabalhadas com cuidado e atenção.


Final
Essa parte deve equilibrar surpresa e previsão. Além de passar a impressão de algo que está se concluindo ou indo embora, deve ter um aspecto singular que o caracterize.


Linguagem
Falar em primeira pessoa (eu) e dirigir-se a alguém específico (nesse caso seria a Deus, pois se trata de louvor) são maneiras eficazes de gerar identificação com os ouvintes. Pense em um destinatário na hora de escrever a letra.

Embora existam temas universais, não é a mesma coisa falar para uma criança o que foi feito para um adulto. O certo é usar palavras do seu vocabulário cotidiano que combinem com o estilo que você quer dar à letra.


Rima.Evite aquelas muito comuns: amor-dor, coração-canção, assim-mim.

 aprenda compor hino