Manuscrito Revela Testemunha Ocular De Um Dos Milagres De Jesus


Um especialista italiano estudando um documento do século escrito pelo historiador romano Marcus Veleio Paterculus que foi descoberto recentemente nos arquivos do Vaticano, diz ter encontrado o que se presume ser o primeiro relato de testemunha ocular já registrado de um milagre de Jesus Cristo. 

O autor descreve uma cena que ele supostamente testemunhou, em que um profeta e mestre, que ele nomeia Lêsous de Nazarenus, ressuscitou um menino natimorto e entregou-o de volta à sua mãe.
O historiador e arquivista Ignazio Perruci, foi contratado pelas autoridades do vaticano em 2012, para classificar, analisar cerca de 6.000 documentos antigos que haviam sido descobertos nos cofres gigantescos de arquivos. 

Ele já estava muito animado quando percebeu que o autor do texto era o famoso historiador romano Veleio, mas ele ficou atordoado quando percebeu a natureza do conteúdo.
Parte do texto chamou a atenção de Perruci, onde um episódio fala de um lugar da cidade de Sebaste  (perto da moderna Nablus, Cisjordânia). 

O autor descreve pela primeira vez a chegada de um  grande mestre na cidade com um grupo de seguidores, onde muitas pessoas das classes baixas se reunissem em torno deles.
Ao entrar na cidade, Jesus havia visitado a casa de uma mulher chamada Eliseba, que tinha acabado de dar à luz uma criança natimorta,          

Jesus pegou a criança morta e proferiu oração em aramaico para os céus, e para surpresa da multidão, o bebê voltou à vida gritando.
Veleio era um oficial romano das origens da Campânia, parece perceber que Jesus Cristo como um grande médico.

Este texto traz uma nova perspectiva na vida do personagem histórico que é Jesus de Nazaré. Vem para confirmar os evangelhos sobre os fatos que ele era conhecido por fazer milagres e que sua presença em uma cidade foi suficientes para atrair multidões.

Muitos estudiosos já saudaram a descoberta como uma das maiores já realizadas no estudo na vida histórica de Jesus.